MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

As PRINCIPAIS Fake News das Eleições 2022: fatos e checagens reunidos para orientar o eleitor

O JC Concursos reuniu fatos e checagens sobre as principais Fake News das eleições 2022 envolvendo os candidatos à Presidência da República; saiba mais

Uma lupa  abaixo de um jornal
Uma lupa abaixo de um jornal - Canva - Disseminação de Fake News no segundo turno das eleições presidenciais
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

[email protected]

Publicado em 13/10/2022, às 16h27

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

As eleições de 2018 foram marcadas pela disseminação de informações falsas. Em 2022, não tem sido diferente. Apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do atual presidente Jair Bolsonaro (PL) têm usado essa tática para conseguir mais votos para os respectivos candidatos. 

A disputa presidencial terá segundo turno, que está previsto para acontecer no dia 30 de setembro. Com o avanço da corrida eleitoral em uma disputa altamente polarizada, grupos políticos apostam na disseminação de Fake News para garantir a vitória do seu candidato. O JC Concursos reuniu fatos e checagens para orientar o leitor. 

+ 2º turno das Eleições presidenciais: 5 formas rápidas para identificar fake news

Veja as principais Fake News das Eleições 2022

Elencamos as fake news que mais viralizaram desde o primeiro turno das eleições 2022. Entre elas, figuram ataques contra Lula, Bolsonaro, TSE e institutos de pesquisas. 

No dia 2 de outubro, quando aconteceu o primeiro turno, circulou a informação de que no plano de governo de Lula previa o fim do combate ao tráfico, ideologia de gênero e Ministério da Verdade. A informação não é verídica e foi checada pelo portal Boatos.org.  

Outra informação inverídica também circulou no dia da votação, que dava conta de que os caminhoneiros iriam deflagrar uma greve e parar o Brasil caso Lula ganhasse as eleições. A informação também foi checada pelo portal Boatos.org. 

Após a confusão envolvendo Bolsonaro durante a sua passagem pela Brasília de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida, interior de São Paulo, circulou um tweet no qual o atual presidente supostamente ataca padres e bispos. A informação foi checada pelo Uol Confere. 

Com o intuito de disseminar informação após o primeiro turno das eleições presidenciais de 2022, com o intuito de desacreditar no processo de apuração dos votos e nas urnas eletrônicas, eleitores do presidente Bolsonaro criaram cidades para atribuir a elas mais votos ao ex-presidente Lula do que o número de habitantes dessas localidades. A informação é falta e também foi checada pelo Uol Confere. 

Circulou no Twitter o trecho de uma entrevista do presidente Jair Bolsonaro (PL) no qual ele sugere que o ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTB) será o seu ministro, caso vença as eleições, e que o governo irá confiscar a aposentadoria dos aposentados. A informação foi checada pelo Comprova e é falta. 

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.