MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Fakes news são checadas em tempo real por sistema do TSE

Recurso foi criado para ajudar as pessoas a saberem o que é verídico. Eleitores também podem fazer denúncias de fake news na plataforma do TSE; veja como funciona

Os cidadãos também podem denunciar fake news recebidas
Os cidadãos também podem denunciar fake news recebidas - Divulgação/Tribunal Superior Eleitoral
Pedro Miranda

Pedro Miranda

[email protected]

Publicado em 29/10/2022, às 13h35

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

As Eleições 2022 foram marcadas por uma enxurrada de boatos e mentiras que se espalham nas redes sociais para confundir os eleitores. As chamadas fake news, que proliferaram nas eleições de 2018, continuam disputando espaço online e no noticiário com fatos e notícias reais. Para ajudar os eleitores a saber o que é verídico, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) criou um espaço para checagem de fatos em tempo real.

O recurso está na página “fato ou boato”, do TSE. Depois de abrir a página, os eleitores já podem conferir vários rumores negados. O espaço também disponibiliza a busca por checagens específicas. Além disso, o tribunal conta com o chatbot, um assistente virtual da Justiça Eleitoral criado em parceria com o WhatsApp Business.

Para consultar se uma mensagem recebida é fato ou boato via chatbot, é só acessar o menu “Consulta de Informações” e enviar o assunto (texto, imagem, áudio, vídeo ou link) para receber imediatamente conteúdos verificados. Caso o eleitor deseje conversar com o assistente virtual, basta adicionar o telefone +55 61 9637-1078 à sua lista de contatos do WhatsApp ou clicar no link wa.me/556196371078.

+++ e-Título: download do app só fica disponível até este sábado (29)

Eleitores também podem fazer denúncias de fake news na plataforma do TSE

Os cidadãos também podem denunciar informações falsas recebidas. Caso isso aconteça, pode ser reportado por meio do Sistema de Alerta de Desinformação criado pelo TSE e em execução desde junho de 2022. Por meio da ferramenta, os cidadãos podem denunciar ao tribunal o recebimento de notícias falsas, descontextualizadas ou fraudadas recebidas sobre eleições. Você também pode denunciar números de telefone suspeitos responsáveis por desencadear mensagens de texto em massa.

O assessor especial de Enfrentamento à Desinformação e Fortalecimento Institucional do TSE, Vitor Monteiro, alerta que “é hora de tomar bastante cautela antes de compartilhar qualquer conteúdo, mesmo que acredite seja verdadeiro. As fake news estão cada vez mais sofisticadas e com mais potencial de gerar grandes danos, já que a disseminação de desinformação tem impacto direto no ambiente democrático, aumentando a intolerância e a animosidade entre as pessoas”.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.