MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

e-Título: download do app só fica disponível até este sábado (29)

O download do e-Título é gratuito e pode ser feito em celulares e tablets, para os sistemas Android e iOS. O app substitui o documento físico de papel

O download do e-Título é gratuito e pode ser feito em celulares e tablets
O download do e-Título é gratuito e pode ser feito em celulares e tablets - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

[email protected]

Publicado em 29/10/2022, às 12h46

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O segundo turno das Eleições 2022 será realizado neste domingo e os eleitores que quiserem utilizar o aplicativo e-Título precisam baixar até este sábado (29). O download fica suspenso durante o pleito, sendo liberado novamente após o resultado da votação nos próximos dias.

Não basta baixar a plataforma, o eleitor precisa validar o e-Título. Para que tenha acesso aos documentos digitais, ele deve preencher algumas informações como “Nome”, “Data de Nascimento” e “CPF ou Número de Inscrição” para verificar o cadastro e utilizar o documento a ser emitido.

O app substitui o documento de papel e pode ser utilizado como identificação desde que esteja atualizado e com foto. Essa consulta pode ser realizada no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao realizar a busca, o usuário deve informar o número do CPF ou do título de eleitor, além da data de nascimento e do nome da mãe.

+++ Proposta Governo SP: Tarcísio quer privatização da Sabesp. Desestatização pode provocar aumento das tarifas?

Veja como baixar o app e-Título e veja as utilidades

O download do e-Título é gratuito e pode ser feito em celulares e tablets, para os sistemas Android e iOS, via App Store e Google Play. “Após baixá-lo, basta inserir os dados pessoais solicitados e responder a algumas perguntas. Para validar o acesso, as informações são cruzadas com as que constam no sistema da Justiça Eleitoral”, explica o TSE.

Ainda de acordo com o tribunal, os eleitores que já possuem o e-Título devem verificar se está tudo correto e manter o aplicativo atualizado. As dificuldades geralmente são resolvidas com a reinstalação do aplicativo. “Porém, a orientação é que eleitores não deixem para a última hora, pois no dia da eleição não será possível resolver eventuais problemas com o uso do app”.

O app pode ser utilizado também para consultas sobre local de votação, bem como para justificar ausência às urnas, emitir certidão de quitação eleitoral e nada consta criminal, entre outros serviços. Segundo o TSE, até as vésperas do primeiro turno, cerca de 30 milhões de eleitores ativaram o aplicativo no Brasil e no exterior. Deste total, 13 milhões de ativações foram efetivadas este ano.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.