MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Estudo indica que dormir bem melhora a saúde do coração; saiba quantas horas por dia são ideais

O sono já era conhecido entre as práticas para ter uma boa saúde. Desta vez, um estudo revelou que dormir bem melhora a saúde do coração. Veja

Mulher sorridente ao despertar na cama
Mulher sorridente ao despertar na cama - Freepik

Glícia Lopes

[email protected]

Publicado em 01/12/2022, às 09h17

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Sabemos que a prática de exercícios físicos, uma boa alimentação e visitas regulares ao médico são importantes para manter a boa saúde. No entanto, um estudo realizado pela American Heart Association incluiu o sono nas diretrizes para o bom funcionamento cardiovascular, apontando que dormir bem melhora a saúde do coração.

Fatores como colesterol alto, diabetes, pressão alta, tabagismo, estão entre os principais vilões do sistema cardiovascular. Mas, eis aqui o alerta: dormir mal pode se tornar um grande problema para o coração, já que o sono é responsável por recuperar, relaxar e renovar todo o organismo, além de garantir o fortalecimento do sistema imunológico.

Infelizmente, uma boa parte das pessoas enfrentam dificuldades em dormir. Só no Brasil, cerca de um terço da população convive com a insônia, segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS). Com a pandemia, o país viu esse problema se agravar, afetando cerca de 70% da população do país, de acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto do Sono.

+++ Está com problemas no sono? Confira 7 plantas medicinais para dormir melhor

Quantas horas de sono por dia são ideais para ter uma boa saúde do coração

Há pelo menos 30 anos, os problemas de coração figuram no topo do ranking como a principal causa de mortes em todo o mundo. E, de acordo com American Heart Association (AHA), 90% das pessoas que sofrem de doenças cardíacas, como paradas cardíacas, morrem antes mesmo de chegar ao hospital.

Por isso, o estudo da AHA aponta que, para ter um sistema imunológico em pleno funcionamento, além de restaurar células, vasos sanguíneos e tecidos, melhorar a função do cérebro e diminuir o risco de doenças crônicas, uma pessoa na fase adulta tem que dormir de sete a nove horas por noite.

Além de garantir a quantidade ideal de horas de sono por dia, é importante evitar a privação do sono. Este é um dos fatores de risco para o surgimento de doenças cardiovasculares. Além disso, pesquisas apontam que privar-se de dormir pode também aumentar o risco de desenvolvimento de doenças como obesidade e diabetes.

+++ Melatonina pode substituir o Zolpidem para pacientes com insônia. Veja benefícios

Insônia: o que saber para a prova de Residência Médica

Quer saber mais sobre uma boa noite de sono? Que tal conferir o artigo que a Medcel preparou para você? Com ele, você confere o que é necessário saber sobre a insôniapara estudar para a prova de R1. Lá você também confere tudo sobre a área médica, como concursos, especialidades, títulos e notícias da categoria. Aproveite!

*com informações da Vogue

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.