MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Simples Nacional: Câmara aprova aumento do limite de faturamento; veja valores

O projeto ainda precisa ser analisado pelo plenário da Câmara. Os novos valores do Simples Nacional e MEI entrarão em vigor a partir de 2023

Economia do Brasil seria sustentada pelos pequenos negócios do Simples Nacional e MEI
Economia do Brasil seria sustentada pelos pequenos negócios do Simples Nacional e MEI - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

[email protected]

Publicado em 02/09/2022, às 12h26

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou a proposta de aumento dos limites do Simples Nacional e do Microempreendedor Individual (MEI). A medida foi baseada na inflação acumulada de dezembro de 2006 a março de 2022, também conhecida como IPCA. Consequentemente, os novos valores refletem as taxas oficiais de inflação.

Duas pessoas podem ser contratadas pelo MEI com a nova proposta. Atualmente, apenas uma pessoa pode ser empregada. Os novos valores entrarão em vigor a partir de 2023 e serão atualizados anualmente pela inflação. O projeto ainda precisa ser analisado pelo plenário da Câmara. Adicionalmente, o texto aprovado estabelece que os limites de faturamento anual são os seguintes:

  • MEI: passa dos atuais R$ 81 mil para R$ 144.913,41;
  • Microempresa: salta de R$ 360 mil para R$ 869.480,43;
  • Empresa de pequeno porte: sobe de R$ 4,8 milhões para R$ 8.694.804,31

+++ Prazo para caminhoneiros fazerem autodeclaração é ampliado; benefício será pago neste mês

Economia do Brasil seria sustentada pelos pequenos negócios do Simples Nacional e MEI

O relator na CCJ, deputado Darci de Matos (PSD-SC), disse que “quem segura a economia do Brasil são os pequenos negócios. São 13 milhões de MEIs no Brasil, 30% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) vêm dos pequenos negócios”.

O projeto vem do Senado e altera o Estatuto da Micro e Pequena Empresa. Também altera os trechos complementares da lei que tratam das alíquotas e da repartição do Simples Nacional. Além disso, o texto aprovado determina a atualização anual da lei alterada.

O texto do Senado se limita a tratar do novo limite classificado como MEI, elevando-o para 130 mil reais. Além disso, prevê a possibilidade do MEI empregar até dois funcionários, o que foi mantido entre as alternativas aprovadas.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.