MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Saiba quem tem direito a almoçar por R$ 1 no Bom Prato; Café da manhã custa R$ 0,50

O programa Bom Prato ganhou dez novas unidades móveis, que vão reforçar o acesso à alimentação saudável em cidades da Grande São Paulo, interior e litoral paulista

Pessoa segura prato com comida
Pessoa segura prato com comida - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

[email protected]

Publicado em 28/11/2023, às 19h02

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O programa Bom Prato ganhou, nesta segunda-feira (27), dez novas unidades móveis, que vão reforçar o acesso à alimentação saudável em lugares periféricos de nove cidades da Grande São Paulo, interior e litoral paulista. Com um investimento anual de R$ 8 milhões, esses veículos irão servir 3 mil refeições diárias adicionais, 300 cada.

Com a ampliação, o estado passa a contar com 44 unidades móveis em caminhões do tipo VUC (veículo urbano de carga), adaptados para aproximar esse serviço da população, levando a refeição onde o cidadão está, pois nem todo mundo pode se deslocar.

Na prática, as refeições são preparadas na unidade fixa mais próxima e o caminhão do Bom Prato distribui as marmitas de 590 gramas onde ela precisa chegar. As novas unidades móveis do Bom Prato irão reforçar a oferta de refeições nos municípios de:

  • São Paulo (2 caminhões)
  • Cotia
  • Bauru
  • Jacareí
  • São José dos Campos
  • Sumaré
  • Praia Grande
  • Santos
  • São Vicente

Os novos atendimentos têm início marcado para a próxima quarta-feira (29), aumentando o total de refeições servidas pelo programa para mais de 4,1 milhões por mês no estado. Atualmente, o Bom Prato opera em 117 unidades, sendo 73 restaurantes fixos e 44 veículos móveis, que mantém a mesma qualidade dos pratos servidos nos restaurantes.

Todas as refeições sempre têm uma proteína, um carboidrato, arroz e feijão, e uma fruta de sobremesa. O serviço móvel opera exclusivamente para o almoço, iniciando às 11h, em locais determinados em conjunto com a prefeitura de cada cidade.

+Governo dá benefício previdenciário de um salário mínimo a quem não pagou o INSS

Quem pode comer no Bom Prato?

Qualquer cidadão, independentemente da renda. Porém, o programa foi desenvolvido para assegurar alimentação de qualidade, principalmente, às pessoas mais vulneráveis, que não têm condições de adquirir todos os alimentos necessários para um bom desenvolvimento nutricional.

Em quais horários as refeições são servidas nos restaurantes?

  • Café da manhã: das 7h até o término da cota de refeições.
  • Almoço: início às 10h30 para atendimento preferencial e às 11h para os demais usuários, indo até o fim da cota de refeições.
  • Jantar: das 17h até o término da cota de refeições.

O que é servido e qual é o valor do prato?

O almoço e jantar são vendidos a R$1,00, enquanto o café da manhã custa apenas R$ 0,50 por pessoa. O café da manhã é composto por pão com recheio (manteiga, requeijão ou frios), bebida (café com leite ou achocolatado) e uma fruta. Já as demais refeições disponibilizam arroz, feijão, prato principal, guarnição e sobremesa.

+Vaga de emprego temporário dá direito a receber o 13º salário? Entenda

É possível repetir a refeição?

Sim. Porém, é necessário entrar na fila novamente. As unidades são orientadas a formar filas preferenciais para idosos, pessoas com deficiência e gestantes, por exemplo. 

O cardápio é elaborado por nutricionista?

Sim, todas as unidades contam com nutricionistas responsáveis pela elaboração do cardápio e supervisão do preparo dos alimentos. Além disso, a equipe técnica da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional (COSAN) realiza a fiscalização, conferindo o trabalho desde o recebimento dos produtos até o atendimento final aos usuários.

Quais são os endereços dos restaurantes do Bom Prato?

A lista completa, com os endereços dos 73 restaurantes fixos pode ser consultada aqui. Nas cidades indicadas a seguir, os espaços funcionam todos os dias, inclusive aos finais de semana e feriados:

Restaurantes que funcionam todos os dias, inclusive aos feriados:

  • Capital: 25 de Março, Campos Elíseos (Rua Mauá, 66 e Praça da República), Brás, Guaianases, Itaquera, Lapa, São Mateus, Capão Redondo, Santo Amaro, Limão, Santana, Tucuruvi e Vila Nova Cachoeirinha;
  • Grande São Paulo: São Bernardo do Campo I, Santo André I, Diadema, Cotia, Francisco Morato, Osasco, Mogi das Cruzes I, Suzano, Carapicuíba e Guarulhos;
  • Interior e litoral: Rio Claro, Taubaté, Bauru, Campinas, Jacareí, Franca, São José dos Campos e Santos I.

Quais são os canais de atendimento?

Para mais informações, entre em contato pelo e-mail [email protected] ou pelos telefones de atendimento (11) 2763-8040 / 8322 / 8223, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h, e das 9h às 13h e das 14h às 18h pelos telefones (11) 2763-8131 / 8293.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.