MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Não perca o Auxílio Brasil: veja o passo a passo para atualizar o Cadastro Único

Acaba amanhã (14) o prazo para atualizar os dados no Cadastro Único. O pagamento do Auxílio Brasil pode ser suspenso e, posteriormente, cancelado se o beneficiário não regularizar a situação cadastral

Mulher segura o novo cartão do Auxílio Brasil, com chip
Mulher segura o novo cartão do Auxílio Brasil, com chip - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

[email protected]

Publicado em 13/10/2022, às 17h06

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

As portas dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), em diversas cidades brasileiras, formam filas de pessoas para atualizar os dados no Cadastro Único e garantir a continuidade do pagamento do Auxílio Brasil. Porém, alguns beneficiários podem regularizar a situação cadastral sem sair de casa.

A pendência pode ser sanada pelo aplicativo do Cadastro Único, disponível para celular com sistema operacional Android ou iOS. Nele, é possível conferir se a família está sob averiguação ou revisão cadastral. O app informa, ainda, o que deve ser feito para regularizar o registro e a data limite para uma nova atualização cadastral.

Para cerca de 250 mil famílias, o prazo termina amanhã, 14 de outubro de 2022. Quem permanece residindo no mesmo endereço, não mudou o estado civil (não casou nem se divorciou, por exemplo), tem os mesmos membros familiares (ninguém nasceu ou faleceu) e mantém renda familiar igual consegue fazer a atualização por confirmação no aplicativo.

+Caixa libera R$ 61 milhões em empréstimo consignado do Auxílio Brasil

Atualização por confirmação no aplicativo Cadastro Único

A atualização dos dados no Cadastro Único é obrigatória a cada dois anos, segundo o Ministério da Cidadania, pasta responsável pelo Auxílio Brasil. O benefício pode ser suspenso e, posteriormente, cancelado de vez se isso não for feito. Siga o passo a passo abaixo no aplicativo:

  • faça login com o seu cadastro do Portal Gov.br;
  • selecione a opção "Atualizar cadastro por confirmação";
  • você terá acesso às telas com o endereço da família e a composição familiar;
  • primeiro clique em endereço da família e confirme, caso morem no mesmo lugar;
  • depois, confira se a composição familiar se mantém igual;
  • estando tudo correto, clique em sim no final da tela;
  • na sequência, marque que a declaração fornecida é verdadeira; e
  • por fim, clique no botão azul "Confirmar dados do Cadastro Único".

Contudo, caso alguma informação esteja desatualizada, o responsável familiar precisa comparecer pessoalmente ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo ou a um dos postos de atendimento do CadÚnico para alterar o dado. 

Auxílio Brasil: obrigações

No início de setembro, o Ministério da Cidadania anunciou um pente fino no Cadastro Único para remover famílias que não atendem aos requisitos obrigatórios do programa. Só pode ganhar o benefício quem tem renda familiar per capita mensal igual ou inferior a R$ 105 e também famílias em situação de pobreza com renda familiar mensal entre R$ 105,01 e R$ 210, desde que tenha gestantes, nutrizes ou pessoas com idade até 21 anos nessa última faixa de renda.

Além da faixa salarial para entrada e permanência no programa, existem outras cinco obrigações que devem se cumpridas por quem recebe o auxílio. 

  • manter frequência escolar mensal mínima de 60% para crianças de 4 e 5 anos de idade;
  • registrar frequência escolar mensal mínima de 75% para estudantes de 6 a 21 anos;
  • cumprir o calendário nacional de vacinação;
  • fazer o acompanhamento do estado nutricional de crianças com até 7 anos incompletos; e
  • gestantes devem fazer o pré-natal completo.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.