MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Caixa Econômica Federal amplia locais para receber o Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal anunciou a ampliação do número de agências e casas lotéricas onde os beneficiários do programa Bolsa Família podem realizar o saque

Pessoa segura cartão do Bolsa Família e notas de reais
Pessoa segura cartão do Bolsa Família e notas de reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

[email protected]

Publicado em 09/07/2023, às 23h22

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Caixa Econômica Federal anunciou a ampliação do número de agências e casas lotéricas onde os beneficiários do programa Bolsa Família podem realizar o saque. Ao final do primeiro semestre de 2023, a instituição contabilizou a abertura de 23 novas agências, 34 unidades lotéricas e o credenciamento de 507 novos Correspondentes Caixa Aqui em todo o território nacional.

Atualmente, a Caixa conta com 53,3 mil pontos de atendimento em todo o país, abrangendo aproximadamente 4,3 mil agências e postos de atendimento, 22,4 mil lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui, e 26,6 mil caixas eletrônicos.

Além da ampliação da rede física, a Caixa também realizou melhorias nos seus aplicativos, o CAIXA e o CAIXA Tem. Esse último também permite movimentar o dinheiro da parcela mensal do programa Bolsa Família. As atualizações foram pautadas pelo feedback dos clientes e funcionários, resultando em uma interface mais moderna e melhor experiência do usuário.

Parcela do Bolsa Família

Neste ano, o Bolsa Família paga parcela mínima de R$ 600 aos beneficiários. Em junho, o governo começou a pagar um adicional de R$ 50,00 para famílias com gestantes e lactantes e/ou crianças e adolescentes de 7 a 18 anos incompletos.

Desde março, quando foi relançado, o Bolsa Família já paga um valor extra de R$ 150 por família com crianças de 0 a seis anos. O adicional é pago por filho, sem limite. Logo, o montante total pode ultrapassar a parcela mínima, de acordo com o tamanho da família e sua composição.

+Aproveite as férias escolares para tirar o 1º RG do seu filho no Poupatempo; Saiba como

Quem tem direito a receber o Bolsa Família?

O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do Brasil, reconhecido internacionalmente por já ter tirado milhões de famílias da fome. Para ter direito ao Bolsa Família, a principal regra é que a renda de cada pessoa da família seja de, no máximo, R$ 218 por mês.

Sendo assim, se um integrante da família recebe um salário mínimo (R$ 1.302), e nessa família há seis pessoas, a renda de cada um é de R$ 217. Como está abaixo do limite de R$ 218 por pessoa, essa família tem o direito de receber o benefício.

+Duas pessoas da mesma família podem receber o BPC (Benefício de Prestação Continuada)?

Calendário do Bolsa Família de julho de 2023

Confira as datas em que a grana será depositada neste mês, de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS):

  • 18 de julho - NIS de final 1
  • 19 de julho - NIS de final 2
  • 20 de julho - NIS de final 3
  • 21 de julho - NIS de final 4
  • 24 de julho - NIS de final 5
  • 25 de julho - NIS de final 6
  • 26 de julho - NIS de final 7
  • 27 de julho - NIS de final 8
  • 28 de julho - NIS de final 9
  • 31 de julho - NIS de final 0

Como sacar o benefício?

O dinheiro pode ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite enviar Pix ou transferências, pagar contas e fazer recarga de celular, por exemplo. Além disso, com o cartão de débito virtual da conta, é possível fazer compras em aplicativos de entrega e de streaming de vídeo/música, além de compras pela internet.

Também dá para fazer o saque usando o cartão de débito do Bolsa Família e o cartão social nas Unidades Lotéricas, Correspondentes CAIXA Aqui, terminais de autoatendimento e nas Agências da CAIXA.

O prazo para saque ou uso do dinheiro é de 120 dias. Depois disso, a grana volta para a conta do governo. Quem tiver dúvidas pode fazer uma consulta no aplicativo Caixa Tem ou ligar para a central de atendimento da Caixa, no número 111. Caso tenha dúvidas sobre o cadastro ou sobre o pagamento, o cidadão pode ligar para o Ministério do Desenvolvimento, no telefone 121.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.