MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Concurso SPGG RS Encerrado

Orgão: SPGG RS - Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Rio Grande do Sul
Nº vagas: 656
Taxa de inscrição: De R$ 211,22
Cargos: Médico, Analista, Psicólogo, Jornalista
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 3370,00
Organizadora: Fundatec
Estados com Vagas: RS

Publicado em 06/07/2018, às 11h40 - Atualizado em 23/06/2022, às 18h00

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Foram publicados seis novos editais do concurso SPGG RS (Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado do Rio Grande do Sul). Ao todo, o certame preencherá 656 vagas em diversos cargos de nível superior.

Informações complementares

Concurso SPGG RS: distribuição das vagas

O edital nº 01/2021 - gestão e políticas publicas reúne 334 vagas, distribuídas entre os cargos de analista administrativo (40 vagas), analista arquivista (12), analista assistente social (38), analista bibliotecário (26), analista contador (26), analista de gestão pública (34), analista economista (30), analista estatístico (10), analista jurídico (60), analista sociólogo (2), jornalista (22) e psicólogo (34).

Já o edital nº 02/2021 - infraestrutura oferece 153 vagas para os postos de analista arquiteto (89), analista engenheiro - engenharia de agrimensura (4), analista engenheiro - engenharia ambiental (2), analista engenheiro - engenharia civil (29), analista engenheiro - engenharia de produção (2), analista engenheiro - engenharia de minas (1), analista engenheiro - engenharia do trabalho (5), analista engenheiro - engenharia elétrica (15), analista engenheiro - engenharia mecânica (5) e analista engenheiro - engenharia rodoviária (1).

O edital nº 03/2021 - tecnologia da informação conta com 12 vagas para a carreira de analista de sistemas.

Outras 75 vagas constam no edital nº 04/2021 - recursos naturais, agricultura e pecuária, e estão distribuídas entre as seguintes funções: analista agropecuário e florestal - engenheiro agrônomo (8), analista agropecuário e florestal - engenheiro florestal (1), analista agropecuário e florestal - médico veterinário (22), analista agropecuário e florestal - zootecnista (1), analista ambiental - biologia (2), analista ambiental - engenharia agronômica (2), analista ambiental - engenharia florestal (1), analista ambiental - geologia (1), analista ambiental - gestão ambiental (1), analista ambiental - medicina veterinária (1), analista biólogo (1), analista geógrafo (3), fiscal estadual agropecuário - engenheiro agrônomo (15) e fiscal estadual agropecuário - médico veterinário (16).

Já o edital nº 05/2021 - saúde ocupacional e perícia médica tem 45 vagas para o cargo de médico nas especialidades de cardiologia (4), clínica-geral (10), ginecologia (1), medicina do trabalho (7), neurologia (2), oftalmorrinolaringologista (1), oncologia (1), ortopedia (2), pediatria (1), saúde pública (1), perícia e análise - clínica-geral (2), perícia e análise - pesquisa de laboratório (1) e perícia e análise - psiquiatria (12).

Por fim, o edital nº 06/2021 - assuntos culturais e educacionais reúne 37 vagas para os postos de analista em assuntos culturais - antropologia (6), analista em assuntos culturais - arqueologia (3), analista em assuntos culturais - artes (16), analista em educação (6) e historiógrafo (6).

De acordo com os editais do concurso SPGG RS, a remuneração inicial oferecida para todas as carreiras é de R$ 3.370,02.

Concurso SPGG RS: atribuições de alguns cargos

ANALISTA DE SISTEMAS: 1. levantar necessidades do cliente/usuário; Dimensionar requisitos e funcionalidade dos sistemas; levantar fontes de dados; definir alternativas físicas de implantação; participar da aprovação de infraestrutura, software e rede; especificar a arquitetura dos sistemas; escolher ferramentas de desenvolvimento; modelar dados; especificar aplicativos; desenvolver arquitetura de sistemas e informações; montar protótipo dos sistemas; codificar programas; planejar testes de sistemas e ambientes, testar sistemas e implantar sistemas. 2. monitorar performance dos sistemas; administrar recursos de rede; administrar banco de dados; administrar ambiente operacional; executar procedimentos para melhoria de performance dos sistemas; identificar falhas nos sistemas; corrigir falhas no sistema; controlar o acesso aos dados e recursos; administrar perfil de acesso às informações; realizar auditoria de sistemas e realizar revisões técnicas. 3. orientar áreas de apoio; consultar documentação técnica; consultar fontes alternativas de informações; realizar simulações em ambiente controlado; acionar suporte de terceiros; instalar hardware; instalar software e configurar software e hardware. 4. descrever processos (fluxo de atividades); elaborar diagramas (caso de uso, fluxo de dados, mapa de site etc.); elaborar dicionário de dados; elaborar manuais do sistema; inventariar software e hardware; documentar estrutura da rede; documentar acordo de níveis de serviço; documentar capacidade e performance; documentar soluções disponíveis; elaborar especificação técnica e documentar níveis de serviço. 5. estabelecer padrões de software; participar da definição de níveis de segurança de tecnologia da informação; definir requisitos técnicos para contratação de produtos e serviços; definir nomenclatura padrão; definir padrões de interface com cliente/usuário; definir metodologias a serem adotadas e especificar procedimentos para recuperação de ambiente operacional. 6. propor mudanças de processos e funções; prestar consultoria técnica; identificar necessidade do cliente; avaliar proposta de fornecedores; negociar alternativas com clientes ou fornecedores; adequar soluções a necessidade do cliente; apresentar alternativas de solução; divulgar solução e elaborar propostas técnicas comerciais. 7. pesquisar padrões, técnicas e ferramentas disponíveis no mercado; avaliar novas tecnologias; construir ambiente de teste; analisar funcionalidade do produto; comparar alternativas tecnológicas e avaliar desempenho do produto. 8. registrar ocorrências; elaborar relatórios técnicos e emitir pareceres técnicos; elaborar estudos de viabilidade técnica e econômica; divulgar documentação; divulgar utilização de novos padrões e participar de fóruns de discussão. 9. executar outras tarefas semelhantes.

ANALISTA ADMINISTRADOR: 1. estudar e analisar programas e projetos que envolvam matéria de sua especialidade, em harmonia com os objetivos definidos no plano governamental. 2. pesquisar novas técnicas de classificação e avaliação de cargos e empregos. 3. definir atribuições de cargos, funções e empregos, a fim de possibilitar sua classificação e retribuição. 4. propor planos de criação, alteração, fusão, supressão, lotação e relotação de cargos, funções e empregos. 5. fixar diretrizes para registro e controle da lotação. 6. planejar programas de recrutamento, seleção, treinamento e aperfeiçoamento de pessoal. 7. apresentar planos para realização de cursos, seminários e reuniões com o objetivo de recrutar, selecionar, treinar e aperfeiçoar pessoal. 8. avaliar o resultado do desenvolvimento de cursos, treinamentos, seminários e reuniões. 9. preparar relatórios estatísticos de custos para realização de cursos, concursos e seminários. 10. elaborar planos e programas de trabalho relativos a pessoal. 11. elaborar projetos de estruturação e reorganização de serviços. 12. promover a simplificação de rotinas de trabalho, com vista à maior produtividade e eficiência dos serviços. 13. analisar projetos ou planos de organização de serviços para a aplicação de processamento eletrônico. 14. definir e coletar dados que visem a estudos com o objetivo de dinamizar o exercício das atividades organizadas sob a forma de sistema. 15. examinar projetos de desenvolvimento de metodologia para aprimoramento dos sistemas administrativos. 16. examinar fluxogramas, organogramas e demais esquemas ou gráficos de informações, emitindo parecer. 17. efetuar estudos sobre a divisão do trabalho e avaliação dos tempos de operação, visando à eficiência dos serviços. 18. executar trabalhos de natureza técnica para elaboração de normas pertinentes ao processamento orçamentário, bem como planejar novas técnicas para a sua elaboração. 19. estudar e acompanhar o orçamento-programa e sua execução. 20. estudar e propor soluções de problemas da administração orçamentária, de modo a assegurar satisfatória concretização das diretrizes governamentais. 21. efetuar estudos visando à padronização, especificação, compra, recebimento, guarda, estocagem, suprimento e alienação de material. 22. adotar medidas com o objetivo de evitar desperdício, uso inadequado, conservação e recuperação de material. 23. estabelecer normas pertinentes aos trabalhos de concorrência para a compra de material. 24. emitir pareceres sobre a matéria de sua competência. 25. participar de estudos, elaboração e análise de projetos governamentais. 26. exercer função de chefia, de direção e assessoramento superior, correlatas com as atribuições inerentes à categoria funcional. 27. orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares. 28. executar outras tarefas semelhantes.

JORNALISTA: 1. planejar, coordenar e promover a divulgação das atividades programadas no âmbito governamental. 2. realizar pesquisas e análises de opinião pública. 3. selecionar os veículos de divulgação para difundir as atividades da Repartição. 4. executar os serviços técnicos de jornalismo, colhendo os elementos redatoriais e ilustrativos necessários para elaboração das notícias, artigos e reportagens de caráter informativo ou interpretativo. 5. coletar informações sobre assuntos relativos ao Serviço Público Estadual, preparando-as para divulgação. 6. organizar trabalhos referentes à difusão artística, cultural e educacional e a outros aspectos de atividade da Administração Pública para a imprensa escrita, falada e televisionada. 7. redigir e ilustrar matéria de caráter informativo e interpretativo, bem como editoriais, artigos, crônicas ou comentários. 8. elaborar e orientar programas de divulgação que concorram para o contínuo esclarecimento da opinião pública, a respeito dos empreendimentos a cargo da Administração Estadual. 9. realizar entrevistas relacionadas com as atividades da Repartição. 10. realizar inquéritos ou pesquisas para conhecimento e análise da opinião pública sobre tarefas ou empreendimentos do Governo, bem como proceder à organização e conservação cultural e técnica de arquivo jornalístico e pesquisa dos respectivos dados para elaboração de notícias. 11. preparar ou revisar reportagens sobre assuntos relativos aos diversos setores da Administração Estadual. 12. realizar trabalhos referentes à redação e organização de publicações, periódicas ou não, de noticiários e informações relacionadas com o serviço público. 13. elaborar notas para divulgação na imprensa. 14. revisar originais manuscritos, trabalhos datilográficos e provas destinadas à impressão tipográfica, fazendo as correções necessárias. 15. executar trabalhos datilográficos relacionados com as suas atribuições. 16. promover, quando solicitado, entendimentos com empresas e/ou órgãos de publicidade quanto à divulgação de matéria jornalística de interesse da sua Repartição. 17, manter sob sua responsabilidade e promover a circulação de periódicos, revistas e quaisquer veículos de publicidade, de acordo com instruções recebidas. 18. selecionar e arquivar, para posterior consulta, matéria publicada e de interesse da Repartição. 19. operar com máquinas fotográficas, filmadoras, projetores, gravadores, etc., para fins de registro ou divulgação de fatos de interesse da Repartição. 20. orientar, selecionar e criticar textos, desenhos, fotos e filmes de interesse de sua Repartição. 21. orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por auxiliares. 22. executar outras tarefas semelhantes.

PSICÓLOGO: 1. coordenar e orientar os trabalhos de levantamento de dados científicos relativos ao comportamento humano e ao mecanismo psíquico. 2. orientar a elaboração de diagnósticos, prognósticos e controle do comportamento do paciente na vida social. 3. analisar os fatores psicológicos que intervêm no diagnóstico, tratamento e prevenção das enfermidades mentais e dos transtornos emocionais da personalidade. 4. colaborar com médicos, assistentes sociais e outros profissionais, na ajuda aos inadaptados. 5. idealizar e orientar a elaboração, aplicação e interpretação de testes psicológicos, com vistas à orientação psicopedagógica e à seleção profissional. 6. realizar entrevistas complementares. 7. propor a solução conveniente para os problemas de desajustamento escolar, profissional e social. 8. colaborar no planejamento de programas de educação, inclusive a sanitária, e na avaliação de seus resultados. 9. participar em congressos, seminários e conferências ligadas ao desenvolvimento social, quando designado. 10. manter-se atualizado nas novas técnicas utilizadas pela psicologia. 11. desenvolver psicoterapia nas situações de envolvimento emocional, nos bloqueios inconscientes e nas reações de imaturidade. 12. atender crianças excepcionais com problemas de deficiência mental e sensorial ou portador de desajuste familiar ou escolar, encaminhando-os para escolas ou classes especiais. 13. formular, na base dos elementos colhidos, hipóteses de trabalho para orientar as explorações psicológicas, médicas e educacionais, a serem feitas. 14. confeccionar e selecionar o material psicopedagógico e psicológico necessário ao estudo e solução dos casos. 15. redigir a interpretação final, após o debate e aconselhamento indicado a cada caso, conforme as necessidades psicológicas escolares, sociais e profissionais do indivíduo. 16. emitir pareceres sobre matéria de sua especialidade. 17. prestar assessoramento a autoridades em assuntos de sua competência. 18. orientar, coordenar e supervisionar trabalhos a serem desenvolvidos por equipes auxiliares. 19. executar outras tarefas semelhantes.

Acompanhamento

A equipe JC Concursos disponibiliza o resumo do concurso nesta página, com as principais informações do processo de seleção. Mais informações estão disponíveis abaixo, no edital anexado.

Dica de estudo: língua portuguesa


Cronograma

Abertura das inscrições26/11/2021
Encerramento das inscrições04/01/2022
Prova13/03/2022
Divulgação do Gabarito15/03/2022
Divulgação do Resultado22/06/2022

Notícias do concurso SPGG RS

Edital e Anexos

Abertura (22/10/2021) Edital de abertura de inscrições (2021)
Abertura (26/11/2021) Edital nº 01/2021 (gestão e políticas publicas)
Abertura (26/11/2021) Edital nº 02/2021 (infraestrutura)
Abertura (26/11/2021) Edital nº 03/2021 (tecnologia da informação)
Abertura (26/11/2021) Edital nº 04/2021 (recursos naturais, agricultura e pecuária)
Abertura (26/11/2021) Edital nº 05/2021 (saúde ocupacional e perícia médica)
Abertura (26/11/2021) Edital nº 06/2021 (assuntos culturais e educacionais)
Retificação (14/12/2021) Prorrogação editais nº 01, 02, 03, 04, 05 e 06/2021
Retificação (31/01/2022) Retificação data prova Prorrogação editais nº 01, 02, 03, 04, 05 e 06/2021

Provas SPGG RS - Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Rio Grande do Sul

Nenhuma prova encontrada

Provas Fundatec - Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências

Orgão, Cargos e OrganizadoraAnoAnexo
Câmara Municipal Analista em Comunicacao III Reporter
Fundatec
2016 Prova / Gabarito
Câmara Municipal Analista Legislativo
Fundatec
2016 Prova / Gabarito
Câmara Municipal Analista em Comunicacao II Producao de Publicidade e Propaganda
Fundatec
2016 Prova / Gabarito
_PREFEITURA MUNICIPAL Advogado
Fundatec
2015 Prova / Gabarito
_PREFEITURA MUNICIPAL Administrador
Fundatec
2015 Prova / Gabarito

» Ver lista completa


Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.