Tudo Sobre

Concurso Seduc AL 2021

Confira as principais informações do concurso Seduc AL para professores

O concurso Seduc AL (Secretaria de Educação de Alagoas) oferece 3 mil vagas para professores de diversas áreas de conhecimento, com salários iniciais de R$ 2,4 mil



Victor Meira | [email protected]
Publicado em 07/07/2021, às 13h36

Concurso Seduc AL: sentados em sala de aula, estudantes observam explicação de professora
Concurso Seduc AL: sentados em sala de aula, estudantes observam explicação de professora - Divulgação

Nesta quarta-feira (07), saiu o edital do concurso Seduc AL (Secretaria da Educação do Estado de Alagoas) para o preenchimento de 3 mil vagas para o cargo de professor. De acordo com o documento publicado, o salário inicial de docente é de R$ 2,4 mil, com uma jornada de trabalho de 30 horas semanais. 

Para se destacar em qualquer concurso público, os candidatos precisam consumir e compreender a maior quantidade possível de informações sobre o processo seletivo, desde atribuições do cargo até o conteúdo programático da avaliação. Por isso, a equipe do JC Concursos fez um compilado com as principais informações do concurso Seduc AL para facilitar a sua vida.

Ao todo, a seleção na Secretaria de Educação de Alagoas oferta 3.000 vagas distribuídas da seguinte forma:

  • educação especial (342 postos);
  • ensino fundamental — anos iniciais (141);
  • ensino religioso (29);
  • artes (140);
  • biologia (125);
  • ciências (71);
  • educação física (214);
  • filosofia (88);
  • física (223);
  • geografia (173);
  • história (147);
  • inglês (194);
  • matemática (547);
  • português (320);
  • química (165);
  • sociologia (81).
    Saiba as atribuições do cargo de professores e requisitos

De acordo com o edital do concurso Seduc AL, as atribuições dos professores são as seguintes:  

  • exercer a docência no Sistema Público Estadual de Educação, transmitindo os conteúdos pertinentes de forma integrada, proporcionando ao aluno condições de exercer sua cidadania; 
  • exercer atividades técnico-pedagógicas que dão suporte diretamente às atividades de ensino; 
  • planejar, coordenar, avaliar e reformular o processo ensino/aprendizagem, e propor estratégias metodológicas compatíveis com os programas a serem operacionalizados; 
  • proporcionar ao educando o desenvolvimento para o exercício pleno da sua cidadania, propiciando a compreensão de coparticipação e corresponsabilidade de cidadão perante sua comunidade, município, estado e país, tornando-o agente de transformação social; 
  • gerenciar, planejar, organizar e coordenar a execução de propostas administrativo/pedagógicas, possibilitando o desempenho satisfatório das atividades docentes e discentes. A atuação dos professores aprovados será tanto em sala de aula quanto em ensino EAD, ensino híbrido e via televisão.

Agora confira os pré-requisitos para se inscrever ao cargo de professor segundo a sua disciplina:

Professor de Educação Especial: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura em Pedagogia e Especialização em Educação Especial, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Ensino Fundamental: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura em Pedagogia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Ensino Religioso: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura em Ciências Sociais, Ciências da Religião, Sociologia ou Filosofia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Artes: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Educação Artística, Artes ou Linguagens Específicas, Artes Visuais e Plásticas, Artes Cênicas ou Teatro, Música ou Dança, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Professor de Biologia: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Biologia ou Ciências, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Ciências: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Biologia ou Ciências, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Educação Física: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Educação Física, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Filosofia: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Filosofia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Física: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Física, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Geografia: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Geografia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de História: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em História, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Inglês: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Letras – Inglês, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Matemática: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Matemática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Português: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Letras – Português, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Química: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Química, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Professor de Sociologia: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Ciências Sociais ou Sociologia, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Inscrições no concurso Seduc AL

As inscrições para o concurso da Seduc AL começam às 10h de 16 de julho e vão até as 18h de 20 de agosto, devendo ser efetuadas pelo site http://www.cebraspe.org/. O valor da taxa de participação é de R$ 95.

O certame da Secretaria de Educação contará com isenção de taxa para os candidatos que tiverem as seguintes características: desempregado, carente, doador voluntário de sangue ou trabalhador que recebe até um salário mínimo. O período de solicitação de isenção deve ser feita entre os dias 16 a 30 de julho.

O processo seletivo é organizado pelo Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos). Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a banca por dois canais de comunicação:

Como serão as provas

Marcada para 17 de outubro, a avaliação objetiva cobrará a resolução de 120 questões do tipo "certo" ou "errado" em, no máximo, três horas e meia. As perguntas abordarão conteúdos de:

  • língua portuguesa;
  • legislação;
  • tecnologias educacionais e competências socioemocionais;
  • conhecimentos específicos.

Os convocados para a análise de títulos, etapa ainda sem data definida, poderão apresentar certificados e diplomas de especialização (a partir de 360 horas), mestrado e doutorado.

A seleção terá validade de um ano, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da Secretaria da Educação de Alagoas, conforme estabelece o edital.

O que vai cair na prova do concurso Seduc AL

Com as principais informações em mãos, veja o todo o conteúdo programático que vai cair na prova da Seduc AL, desde conhecimentos gerais até a prova específica para cada disciplina.

Conhecimentos gerais

Língua Portuguesa:

  1. Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 
  2. Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 
  3. Domínio da ortografia oficial. 
  4. Domínio dos mecanismos de coesão textual. Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. Emprego de tempos e modos verbais. 
  5. Domínio da estrutura morfossintática do período. Emprego das classes de palavras. Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. Emprego dos sinais de pontuação. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Emprego do sinal indicativo de crase. Colocação dos pronomes átonos. 
  6. Reescrita de frases e parágrafos do texto. Significação das palavras. Substituição de palavras ou de trechos de texto. Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade.

Legislação: 

  1. Lei Estadual nº 5.247/1991 (Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado de Alagoas, das Autarquias e das Fundações Públicas Estaduais). 
  2. Lei Estadual nº 6.196/2000 (Estatuto do Magistério Público do Estado de Alagoas). 
  3. Lei Estadual nº 6.197/2000 (Plano de Cargo e Carreira do Magistério Público Estadual). 
  4. Lei Estadual nº 6.754/2000 (Código de Ética Funcional do Servidor Público Civil do Estado de Alagoas). 
  5. Lei nº 9.394/1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional ― LDB) e suas alterações. 
  6. Lei nº 7.795/2016 (Plano Estadual de Educação – PEE).

Tecnologias Educacionais e Competências Socioemocionais:

  1. Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica. 
  2. Estatuto da Criança e do Adolescente. 
  3. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). 
  4. Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – Ensino Fundamental. 
  5. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos.

Conhecimentos Específicos

Professor Educação Especial: 

  1. Fundamentos legais: Resolução nº 04/2009, Notas Técnicas nº 11/2010, nº 24/2013, nº 55/2013. 
  2. Princípios que fundamentam a prática pedagógica na educação especial e na educação inclusiva. 
  3. Tecnologia assistiva e suas modalidades com ênfase na comunicação alternativa e aumentativa.
  4. Desenvolvimento neuropsicomotor. 
  5. Definições, etiologias e bases genéticas das deficiências, das altas habilidades/superdotação e transtorno globais do desenvolvimento/transtorno do espectro autista. 
  6. AEE para estudantes com deficiência intelectual. 
  7. AEE para estudantes com deficiência auditiva e surdez. 
  8. AEE para estudantes com deficiência visual (cegueira e baixa visão). 
  9. AEE para estudantes com deficiência múltipla. 
  10. AEE para estudantes com surdocegueira. 
  11. AEE para estudantes com transtorno globais do desenvolvimento/transtorno do espectro autista. 
  12. AEE para estudantes com altas habilidades/superdotação. 
  13. Aspectos pedagógicos na escolarização dos estudantes públicos‐alvo da educação especial. 
  14. Aspectos psicológicos das famílias de pessoas com deficiências. 
  15. Avaliação da aprendizagem na perspectiva inclusiva. 
  16. Acessibilidade curricular. 
  17. Plano de Atendimento Educacional Especializado. 
  18. Orientação e mobilidade, atividades da vida diária para estudantes com deficiência visual, leitura e escrita Braille, noções de Soroban. 
  19. Mediação e processos de desenvolvimento da aprendizagem.
  20. Sexualidade da pessoa com deficiência. 
  21. Avaliação segundo a Associação Americana de Deficiência
  22. Intelectual e do Desenvolvimento (AADID). 
  23. Tecnologia da informação e comunicação acessível.

Professor de Ensino Fundamental (Anos Iniciais): 

  1. História do pensamento pedagógico brasileiro. Teoria da educação, diferentes correntes do pensamento pedagógico brasileiro. 
  2. A didática e o processo de ensino e aprendizagem. Organização do processo didático: planejamento, estratégias e metodologias, avaliação. A sala de aula como espaço de aprendizagem e interação. A didática como fundamento epistemológico do fazer docente. A importância da tecnologia no processo educativo. 
  3. Concepções de aprendizagem e suas implicações na prática pedagógica contemporânea. Inatismo, comportamentalismo, behaviorismo, interacionismo, cognitivismo, sociointeracionismo. As bases empíricas, metodológicas e epistemológicas das diversas teorias de aprendizagem. As contribuições de Piaget, Vygotsky e Wallon para a psicologia e pedagogia. A teoria das inteligências múltiplas de Gardner. 
  4. Psicologia do desenvolvimento. Aspectos históricos e biopsicossociais. 
  5. Temas contemporâneos. Bullying; o papel da escola; a escolha da profissão; transtornos alimentares na adolescência; família; escolhas sexuais. 
  6. Avaliação do processo ensinoaprendizagem. Análise conceitual e novas perspectivas emancipatórias. A dimensão sociopolítica da avaliação pedagógica. 
  7. Teorias do currículo. Concepções de currículo. 
  8. Acesso, permanência e sucesso do aluno na escola. Evasão escolar: causas e consequências. 
  9. Gestão da aprendizagem. Planejamento e gestão educacional. Avaliação institucional, de desempenho e de aprendizagem. 
  10. O professor: formação e profissão. 
  11. Competências e habilidades propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) da educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental.

Professor de Ensino Religioso:

  1. Elementos históricos do ensino religioso. 
  2. O ensino religioso e a participação social, cultura e transferência. 
  3. Culturas e tradições religiosas. 
  4. As escrituras sagradas. 
  5. O ensino religioso/teologias. 
  6. A origem do fenômeno religioso. 
  7. O ensino religioso e a escola a partir da Lei nº 9.394/1996. 
  8. Objetivos do ensino religioso para o ensino fundamental. 
  9. Metodologia de ensino religioso.

Professor de Artes: 

  1. A arte na educação para todos – LDB/PCN/RCB. 
  2. Fundamentos e tendências pedagógicas do ensino de arte no Brasil. 
  3. A arte e o processo de construção da cidadania. 
  4. As diversas linguagens artísticas: estética ― conceitos e contextos. 
  5. Aspectos da cultura popular brasileira e as manifestações populares: formação
  6. histórica, multiculturalismo. 
  7. A arte da pré‐história brasileira. 6.1 Arte indígena. 6.2 Arte africana. 
  8. As artes visuais no Brasil: do barroco colonial brasileiro aos dias atuais. 
  9. As artes audiovisuais: TV, cinema, fotografia, multimídia – novos recursos/novas linguagens. 
  10. A música no Brasil do período colonial até a atualidade. 
  11. O teatro no Brasil: história e movimentos. 
  12. A dança no Brasil: dramática e folclórica, popular e erudita. 
  13. Principais movimentos artísticos do século XX no Brasil. 
  14. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de arte.

Professor de Biologia:

  1. Identidade dos seres vivos: aspectos físicos, químicos e estruturais da célula; as organelas; a organização celular: seres procariontes, eucariontes e sem organização celular; funções celulares: síntese, transporte, eliminação de substâncias e processos de obtenção de energia: fermentação, fotossíntese e respiração celular. 
  2. Noções básicas de microscopia. 
  3. Origem e evolução da vida: hipóteses sobre a origem da vida; teoria de Lamarck e teoria de Darwin; origem do ser humano. 
  4. Diversidade da vida: principais características dos representantes de cada domínio e de cada reino da natureza; regras de nomenclatura; biodiversidade no planeta e no Brasil. 
  5. Características anatômicas e fisiológicas do ser humano: fisiologia dos sistemas biológicos (digestório, respiratório, cardiovascular, urinário, nervoso, endócrino, imunológico, reprodutor e locomotor). 
  6. Transmissão da vida: fundamentos da hereditariedade ― gene e código genético; primeira e segunda leis de Mendel; aplicações da engenharia genética: clonagem, transgênicos. 
  7. Interação entre os seres vivos: conceitos básicos em ecologia; relações tróficas (cadeias e teias alimentares; distribuição natural da matéria e da energia e concentração de pesticidas e de subprodutos radiativos); relações ecológicas limitadoras do crescimento populacional; ecossistemas do Brasil. 
  8. Ensino de biologia: conhecimento científico e habilidade didática no ensino de biologia. 
  9. A construção do conhecimento no ensino de biologia: abordagens metodológicas. Recursos didáticos no ensino de biologia (utilizados em sala de aula e laboratório, incluindo conhecimentos básicos de técnicas, materiais e normas de segurança laboratoriais). 
  10. O ensino de biologia e as novas tecnologias da informação e comunicação. 
  11. Avaliação de aprendizagem do conhecimento biológico. 
  12. Competências e habilidades propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de biologia.

Professor de Ciências:

  1. Seres vivos e ambiente: características morfofisiológicas dos grupos de vírus aos mamíferos e de algas a gimnospermas e suas relações entre si e com o meio. 
  2. Citologia e histologia; organização das células; divisão celular – características dos tecidos básicos animais e vegetais. 
  3. Reprodução: tipos de reprodução – reprodução humana – características hereditárias: sexualidade e DST. 
  4. Evolução: origem da vida; evolução humana. 
  5. Misturas e substâncias: propriedades e processos de separação; átomos, moléculas e substâncias; reações químicas; átomo e eletricidade; gases e líquidos. 
  6. Ondas e energia: ondas eletromagnéticas – luz, visão, espectro eletromagnético; óptica e suas leis; problemas da visão; ondas e comunicação; tipos de energia e suas transformações; propagação da energia. 
  7. Terra – energia e vida; a terra e a luz no espaço, seus movimentos e suas consequências; atmosfera e pressão; a vida na terra e suas relações com a energia solar; camadas da terra; condições ambientais e condições de sobrevivência. 
  8. Metodologia de ensino de ciências: organização didático‐pedagógica e suas implicações na construção do conhecimento em sala de aula; organização didático‐pedagógica e o ensino integrado de ciências frente às exigências metodológicas do ensino‐aprendizagem: o ensino globalizado e formação da cidadania. 
  9. Educação ambiental. 
  10. O Projeto Genoma. 
  11. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de ciências.

Professor de Educação Física:

  1. Histórico da educação física. 
  2. Educação física enquanto linguagem. 
  3. Processo ensino‐aprendizagem na educação física. 
  4. Construindo competências e habilidades em educação física. 
  5. Avaliação em educação física. 
  6. Educação física e sociedade. 
  7. Fundamentos didático‐pedagógicos da educação física.
  8. Atividade física e saúde. 
  9. Crescimento e desenvolvimento. 
  10. Aspectos da aprendizagem motora. 
  11. Aspectos sócio-históricos da educação física. 
  12. Política educacional e educação física. 
  13. Cultura e educação física. 
  14. Aspectos da competição e cooperação no cenário escolar. 
  15. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de educação física.

Professor de Filosofia:

  1. A emergência da filosofia grega. Filosofia e a cidade. Filosofia e a democracia. Filosofia e a universalização da palavra. Filosofia, verdade e argumentação. 
  2. Filosofia e os conhecimentos tradicionais (narrativas/mitos). Filosofia e a consciência cotidiana. Filosofia, a arte e as ciências. 
  3. Filosofia e ação. Moral, ética e política. Filosofia, ética e felicidade (Platão, Aristóteles, Agostinho de Hipona e Spinoza). Ética, autonomia da razão e dignidade (Kant). Crítica e genealogia da moral (Nietzsche). Contextualização histórica dessas questões e principais argumentos. 
  4. Filosofia e conhecimento científico. Racionalismo (Descartes) e empirismo (Bacon). Filosofia e crítica da técnica (Heidegger, Benjamin). Contextualização histórica dessas questões e principais argumentos. 
  5. Filosofia e experiência estética. Arte e absoluto (Hegel), arte e afirmação da vida (Nietzsche). Arte e sentido (Heidegger e Gadamer). Arte e capitalismo (Benjamin, Adorno e Horkheimer). Contextualização histórica dessas questões e principais argumentos. 
  6. Reflexões acerca do ensino de filosofia no ensino médio. Ensino de filosofia e interdisciplinaridade. Estratégias didáticas e seleção de conteúdos. 
  7. Competências e habilidades propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular a de filosofia.

Professor de Física:

  1. História e evolução das ideias da física: cosmologia antiga; a física de Aristóteles; origens da mecânica. 
  2. Mecânica: cinemática escalar e vetorial; movimento circular; leis de Newton e suas aplicações; trabalho; potência; energia, conservação e suas transformações, impulso; quantidade de movimento, conservação da quantidade de movimento; gravitação universal; estática dos corpos rígidos; estática dos fluidos; princípios de Pascal, Arquimedes e Stevin. 
  3. Termodinâmica: calor e temperatura; temperatura e dilatação térmica; calor específico; trocas de calor; mudança de fase e diagramas de fases; propagação do calor; teoria cinética dos gases; energia interna; lei de Joule; transformações gasosas; leis da termodinâmica: entropia e entalpia; máquinas térmicas; ciclo de Carnot. 
  4. Eletromagnetismo: introdução à eletricidade; campo elétrico; lei de Gauss; potencial elétrico; corrente elétrica; potência elétrica e resistores; circuitos elétricos; campo magnético; lei de Ampère; lei de Faraday; propriedades elétricas e magnéticas dos materiais.
  5. Ondulatória: movimento harmônico simples; oscilações livres, amortecidas e forçadas; ondas; ondas sonoras e eletromagnéticas; frequências naturais e ressonância. 
  6. Óptica geométrica: reflexão e refração da luz; instrumentos ópticos – características e aplicações. 
  7. Óptica física: interferência; difração; polarização. 
  8. Ensino de física: conhecimento científico e habilidade didática no ensino de física. A construção do conhecimento no ensino da física: abordagens metodológicas. Recursos didáticos no ensino de física (utilizados em sala de aula e laboratório, incluindo conhecimentos básicos de técnicas, materiais e normas de segurança laboratoriais). 
  9. Avaliação de aprendizagem do conhecimento científico. 
  10. Competências e habilidades propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de física.

Professor de Geografia:

  1. Concepções do pensamento geográfico e sua influência no ensino da geografia. Sociedade, lugar e paisagem no ensino da geografia. Currículo: cultura e territorialidade no ensino da geografia. Novas abordagens teóricas e metodológicas no ensino da geografia. Novas tecnologias de comunicação e informação no ensino da geografia. Aspectos avaliativos no ensino da geografia. 
  2. Geopolítica e economia. O espaço como produto do ser humano. Capitalismo. Desenvolvimento e subdesenvolvimento. Economia do pós‐guerra. O Brasil, a nova ordem mundial e a globalização. O comércio internacional. O Mercosul. A economia mundial e do Brasil. O problema da dívida externa. Energia e transporte. A agropecuária. O comércio. A indústria. Os serviços. As relações de trabalho. As desigualdades sociais e a exploração humana. A revolução técnico‐científica. 
  3. Geografia da população. A população e as formas de ocupação do espaço. Os contrastes regionais do Brasil. Urbanização e metropolização. 
  4. Ecologia. Ecossistemas naturais. Impactos ambientais. Recursos naturais e devastação histórica. Política ambiental. 
  5. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de geografia.

Professor de História:

  1. Concepções do pensamento histórico, a dinâmica historiográfica e sua influência no ensino da história. Memória, oralidade e cotidiano no ensino de história. Currículo: cultura, gênero, direitos humanos, meio ambiente, história local e diversidade étnico racial no ensino de história, novas abordagens teóricas e metodológicas no ensino de história. Novas tecnologias de comunicação e informação no ensino de história. Aspecto avaliativo no ensino de história. 
  2. História natural e história social. O processo de humanização e a dinâmica da formação das sociedades humanas na pré-história. A organização sociopolítica, econômica, cultural religiosa do Egito, Núbia, Kush, Ménroe, Napata, Mesopotâmia, Palestina, Fenícia, Pérsia, Grécia e Roma, sua dinâmica, relações, rupturas e transformações.
  3. A organização sociopolítica, econômica, cultural e religiosa da sociedade europeia do século V ao XV; sua dinâmica, relações, rupturas e transformações. 
  4. Os reinos africanos no século V ao XV. 
  5. Dinâmica, relações, rupturas e transformações da sociedade europeia do século XV ao XVIII. 
  6. Dinâmica, relações, rupturas e transformações das sociedades europeia, americana, africana e asiática do século XVIII à contemporaneidade. 
  7. Dinâmica, relações, rupturas e transformações da organização sociopolítica, econômica e cultural no Brasil colonial. Escravidão e resistência negra e indígena no Brasil colonial. As tecnologias de agricultura, de beneficiamento de cultivo, de mineração e de edificações trazidas pelos escravizados, bem como a produção científica, artística (artes plásticas, literatura, música, dança, teatro) e política. Cultura e religiosidade africana e indígena no Brasil colonial. Movimento de independência no Brasil colonial. Organização sociopolítica, econômica e cultural no Império: 1º e 2º Reinado. As revoluções sociais: Cabanagem, Balaiada, Farroupilha, Sabinada, Revolta dos Malês, Quebra Quilo; Abolição e Movimento Republicano no Brasil. 
  8. Dinâmica, relações, rupturas e transformações da organização sociopolítica, econômica e cultural no Brasil na República. 
  9. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de história.

Professor de Inglês:

  1. Leitura e compreensão de textos em língua inglesa de diversos gêneros textuais. 
  2. Tendências pedagógicas do ensino de língua inglesa: abordagem da linguagem sob novos enfoques. 
  3. Uso e domínio das estratégias de leitura (skimming, scanning, prediction e outras). Compreensão geral do texto. Reconhecimento de informações específicas. Inferência e predição. Palavras cognatas e falsos cognatos, entre outros. 
  4. Vocabulário. 
  5. Aspectos linguísticos e gramaticais. Classes de palavras. Sintaxe da oração e do período. 
  6. Relação entre língua, cultura e sociedade. 
  7. O tratamento da produção  escrita como processo (revisão/correção e reescrita). 
  8. Avaliação no ensino e aprendizagem da língua inglesa na educação básica. 
  9. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) no ensino médio para o componente curricular de inglês.
  10. Professor de Matemática:
  11. Números. Propriedades e operações fundamentais com números inteiros, racionais, irracionais e reais. 
  12. Funções. Igualdade de funções. Determinação do domínio de uma função. Funções injetivas, sobrejetivas e bijetivas. Função inversa. Composição de funções. Funções crescentes, decrescentes, pares e ímpares; os zeros e o sinal de uma função. Funções lineares, funções do 2º grau, funções modulares, funções polinomiais, logarítmicas e exponenciais. 
  13. Equações e inequações.
  14. Geometrias plana, espacial e analítica. 
  15. Trigonometria do triângulo retângulo, estudo do seno, cosseno e tangente. 
  16. Sequências. Sequências de Fibonacci, sequências numéricas. Progressões aritmética e geométrica. 
  17. Matrizes. Determinantes. Sistemas lineares. Análise combinatória. Binômio de Newton. 
  18. Noções de estatística. Medidas de tendência central. Medidas de dispersão, distribuição de frequência. Gráficos. Tabelas. 
  19. Matemática financeira. Proporção, porcentagem, juros e taxas de juros, juro simples e juro composto, sistemas de capitalização, descontos simples, desconto racional, desconto bancário. Taxa efetiva, equivalência de capitais. 
  20. Cálculo de probabilidade. 
  21. Números complexos. 
  22. Noções de história da matemática. 
  23. Avaliação e educação matemática. Formas e instrumentos. 
  24. Ensino de matemática. 
  25. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de matemática.

Professor de Português:

  1. Fonologia: relação letra e fonema. 
  2. Separação de sílaba e translineação. 
  3. Acentuação gráfica e tônica. 
  4. Ortografia e pontuação. 
  5. Morfologia. Estrutura de palavras. Processo de formação de palavras. Classes gramaticais de palavras. 
  6. Sintaxe. Frase, oração e período. 
  7. Tipos de períodos. 7.1 Período simples e composto. 
  8. Análise morfossintática de período simples. 
  9. Análise de período composto por coordenação. 
  10. Análise de período composto por subordinação (orações substantivas, adjetivas e adverbiais). 
  11. Sintaxe de concordância verbal e nominal. 
  12. Sintaxe de regência verbal e nominal. 
  13. Colocação pronominal. 
  14. Semântica. Sinonímia; antonímia; homonímia; paronímia; polissemia; ambiguidade. 
  15. Linguagem. Funções da linguagem. Denotação e conotação. Figuras de linguagem. Níveis de linguagem. 
  16. Coesão e coerência. 
  17. Tipologia textual e gênero textual. Narração, descrição, dissertação, carta (argumentativa, familiar, comercial, convite etc.). 
  18. Noções de estilística. 
  19. Teoria literária. Conceito de literatura; teoria dos gêneros literários; estilos de época; movimentos literários. 
  20. Literatura brasileira. Literatura colonial e o Barroco. Arcadismo. Romantismo. Realismo. Naturalismo e Parnasianismo. Simbolismo e pré‐Modernismo. Modernismo e tendências contemporâneas. 
  21. Metodologia de ensino da língua portuguesa: organização didático‐pedagógica e suas implicações na construção do conhecimento em sala de aula; organização didático‐pedagógica e o ensino integrado da língua portuguesa frente às exigências metodológicas do ensino‐aprendizagem: o ensino globalizado e formação da cidadania. 
  22. Competências e habilidades propostas pelo Referencial Curricular de Alagoas (ReCAL) – ensino fundamental e pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de língua portuguesa.

Professor de Química:

  1. História da química: a alquimia como precursora da ciência química, o nascimento da química moderna, química e sociedade. 
  2. O mundo e suas transformações: leis ponderais (Lavoisier, Proust, Dalton, Richter); leis das reações gasosas de Gay Lussac; hipótese de Avogadro, mol, molécula; cálculos  estequiométricos; natureza elétrica da matéria (os trabalhos de Faraday). 
  3. Ligações químicas: iônica, covalente, eletronegatividade; repulsão de pares eletrônicos, geometria molecular; teoria da ligação de valência. 
  4. Sólidos, líquidos e gases no universo da química: evolução do conceito de matéria; características e propriedades; líquidos e sólidos ideais, ligações químicas nos sólidos e líquidos. 
  5. Sólidos, líquidos e gases reais; mudança de estado, diagrama de fase. 
  6. Soluções: misturas, tipos de solução, concentração e solubilidade; propriedades coligativas, eletrólitos, íons em solução aquosa. 
  7. O modelo atômico: evolução dos conceitos de átomo; propriedades dos átomos (eletronegatividade, afinidade eletrônica e suas dimensões). 
  8. Funções químicas e aplicações: ácidos; bases; sais; óxidos; reações em solução aquosa de ácido-base, precipitação e complexação; equilíbrio das soluções aquosas de ácido-base, dissociação, hidrólise, indicadores ácido-base de titulação, tampões, estequiometria de soluções. 
  9. A Tabela Periódica: histórico da tabela e sua construção; o problema da classificação (metais, não metais e semimetais), gases nobres e química do carbono. 
  10. Cinética e equilíbrio químico: velocidades e mecanismos de reação; equação de velocidade, teoria de colisões, complexo ativado, catálise. 
  11. Química orgânica: princípios básicos da nomenclatura orgânica; funções orgânicas, reações e mecanismos de reação. 
  12. Ensino de química: conhecimento científico e habilidade didática no ensino de química. A construção do conhecimento no ensino da química: abordagens metodológicas. 
  13. Recursos didáticos no ensino de química (utilizados em sala de aula e laboratório, incluindo conhecimentos básicos de técnicas, materiais e normas de segurança laboratoriais). 
  14. Avaliação de aprendizagem do conhecimento químico. 
  15. Competências e habilidades propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de química.

Professor de Sociologia:

  1. A constituição do saber sociológico. Sociologia como ciência. Subjetividade e objetividade. A questão metodológica nas ciências sociais e a pesquisa social. 
  2. Estrutura e organização social. Estrutura da sociedade. Instituições sociais. Classes sociais, estratificação e desigualdade: Karl Marx e Max Weber.  Classe social na sociedade ocidental atual: classes e estilos de vida. 
  3. Problemas sociais contemporâneos. Desigualdades sociais. Exclusão social. Preconceito e discriminação. Movimentos sociais tradicionais e novos. Gênero e envelhecimento. Gênero e violência. Cultura e consumo. Violência e Estado. Migrações. Ética e cidadania. Sociedade, trabalho e emprego, relações sociais e transformações do trabalho. Os meios de comunicação e a questão ideológica. O meio ambiente e o desenvolvimento tecnológico. A globalização e os Estados nacionais. Diversidade cultural e étnicas. Religião e sociedade. 
  4. Metodologia de ensino de sociologia. 
  5. Competências e habilidades propostas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio para o componente curricular de sociologia.

+ Resumo do Concurso Seduc AL 2021

Seduc AL - Secretaria da Educação de Alagoas
Vagas: 3000
Taxa de inscrição: De R$ 95,00 Até R$ 95,00
Cargos: Professor
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 2433,95 Até R$ 2433,95
Estados com Vagas: AL

+ Agenda do Concurso

16/07/2021 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
20/08/2021 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
17/10/2021 Prova Adicionar no Google Agenda
19/10/2021 Divulgação do Gabarito Adicionar no Google Agenda
concursosconcursos publicosconcursos al (alagoas)concursos abertosconcursos 2021

Comentários

Mais Lidas