MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Concurso TCU: ministro promete nova seleção e anuncia até 150 nomeações de aprovados

Concurso TCU (Tribunal de Contas da União) pode ocorrer após convocação dos aprovados no último certame para auditores

Concurso TCU: ministro promete nova seleção e anuncia até 150 nomeações de aprovados
Concurso TCU: ministro Bruno Dantas - Fonte : Antônio Cruz - Agência Brasil
Fernando Cezar Alves

Fernando Cezar Alves

[email protected]

Publicado em 17/09/2022, às 09h51 - Atualizado em 19/09/2022, às 14h19

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Um novo concurso TCU (Tribunal de Contas da União) poderá ser realizado já a partir de 2023. A confirmação foi feita na última sexta-feira, 16 de setembro, pelo presidente do órgão, ministro Bruno Dantas, em entrevista ao Podcastdocorreio, do Correio Brasiliense. De acordo com ele, uma nova seleção deve ser feita assim que convocados os aprovados da última seleção para auditores, iniciada em 2021.  "Acabamos de homologar o concurso do TCU. Foram aprovados mais de 300 novos auditores. Temos autorização para posse para 40 ainda este ano, pois a LDO só nos permite empossar 40 este ano, mas ano que vem quero empossar mais 100. Vamos ver se conseguimos chegar a 140, 150. E, assim que esgotarmos esse, já queremos fazer outro. Pretendo, na minha gestão de presidente do TCU, dar posse ao máximo que conseguirmos", disse."Temos uma força de trabalho que precisa ser reposta, com uma lacuna de mais de 400 auditores. Então, 150 não dá pra nada. Quero empossar esses 150 e já abrir um novo concurso. No primeiro ano da minha gestão, em 2023, quero trazer essa nova força de trabalho", reforçou.  

Concursado de carreira, o presidente do TCU reforçou a importância das contratações por meio de concursos, citando a própria experiência. "Prestei mais de 20 concursos e passei em quase todos", disse. Neste sentido, defende a valorização dos servidores. "Defendo a cultura do concurso público. De admirar os servidores públicos que fazem o Brasil crescer. Foi algo que aprendi e mantenho até hoje", disse.

De acordo com Dantas, é preciso reforçar no funcionalismo.  "Acho que o que aconteceu no Brasil foi uma reforma administrativa perversa, mediante o corte de serviços públicos, porque a idade do funcionalismo foi avançando,  servidores foram pedindo aposentadoria e o governo federal não fez novos concursos nos últimos quatro anos", disse.

Ainda segundo o ministro, mais de 37 mil servidores se aposentaram nos últimos quatro anos, sem reposição. "É muita gente", disse. Ainda segundo ele, somente no poder Executivo o quadro de servidores ativos abaixou de 607 mil para 570 mil. "Quase 40 mil servidores se aposentaram, sem que houvessem reposição" reforçou. "Alguns órgão realmente precisavam de um enxugamento. A própria população  pagadora de impostos sempre criticou os excessos. Mas isso precisa ser feito com critério e com inteligênica, alocando servidores de áreas que não têm necessidade para áreas prioritárias. O que houve foi um corte linear. Muita gente se aposentou de carreiras absolutamente indispensáveis, como o INSS", exemplificou. " O INSS tem uma das carreiras mais importantes e atende pessoas que trabalharam a vida toda e desejam sua aposentadoria e pessoas com problemas de saúde física e mental e precisam de um atendimento continuado. E o INSS foi um dos órgãos mais afetados".

Concurso TCU: saiba mais sobre o cargo de auditor

A carreira de auditor de controle externo, oferecida no último concurso e citada pelo ministro na entrevista, com previsão de novo concurso após a nomeação dos aprovados, é destinada a quem possui formação de nível superior em qualquer área de formação, com remuneração inicial de R$ 21.947,82.

Vale ressaltar que, como o último concurso tem validade por dois anos, com possibilidade de prorrogação, a realização de um novo certame antes deste período para o cargo somente pode ocorrer caso efetivamente esgotada a lista de aprovados.

Veja entrevista com ministro Bruno Dantas

As declarações do ministro sobre concursos públicos podem ser conferidas a partir de 32 minutos

Saiba como foi a última seleção

O último concurso TCU teve início em 2021, com uma oferta imediata de 20 vagas para o cargo de auditor federal de controle externo, além de formar cadastro reserva de pessoal. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A prova objetiva contou com 100 questões, sobre as seguintes disciplinas:

  • língua portuguesa;
  • língua inglesa;
  • matemática financeira;
  • controle externo;
  • administração pública;
  • direito constitucional;
  • direito administrativo;
  • direito civil;
  • direito processual civil;
  • sistema normativo anticorrupção;
  • estatística;
  • análise de dados;
  • auditoria governamental;
  • contabilidade do setor público;
  • análise de demonstrações contábeis;
  • administração financeira;
  • economia do setor público.

Os aprovados na primeira fase serão convocados para participar de programa de formação, de caráter eliminatório. O treinamento ocorrerá em Brasília, com duração mínima de 120 horas.   

Siga o JC Concursos no Google News

+ Resumo do Concurso TCU 2024

TCU - Tribunal de Contas da União
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.