MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

SAIU A LISTA: MEC divulga resultado da lista de espera do Fies 2023

MEC divulga nesta terça-feira (18) lista de espera dos candidatos do Fies 2023; Estudantes devem completar a inscrição após pré-seleção. Saiba mais

Estudante segura um notebook
Estudante segura um notebook - Divulgação JC Concursos
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

[email protected]

Publicado em 18/07/2023, às 14h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta terça-feira (18) a divulgação da lista de espera para os candidatos ao Fies 2023 (Fundo de Financiamento Estudantil) do segundo semestre. Essa lista é utilizada pelo MEC para preencher as vagas que não tenham sido ocupadas em instituições privadas de ensino superior.

O edital publicado pelo MEC estabeleceu o cronograma e os procedimentos referentes ao processo seletivo. Seguindo esse cronograma, a pré-seleção dos candidatos participantes da lista de espera será realizada até o dia 29 de agosto.

+ Quando será realizada a CORREÇÃO da aposentadoria 2023? Veja valores estimados

Está na lista? Saiba o que fazer 

Os candidatos que estão na lista de espera devem acessar a página do programa, disponível no endereço eletrônico, e completar sua inscrição para contratar o financiamento no prazo de três dias úteis, a partir do dia seguinte à pré-seleção.

Para isso, é necessário acessar a página do Fies Seleção, localizada no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. Nessa mesma página, os candidatos também poderão acompanhar o resultado do processo.

É importante ressaltar que a inclusão do nome do candidato na lista de espera apenas garante a expectativa de pré-seleção para as vagas às quais ele se inscreveu neste processo seletivo. 

A pré-seleção está sujeita à disponibilidade de vagas no grupo de preferência e nos cursos escolhidos, bem como ao cumprimento das demais regras do programa.

O que é o Fies?

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi criado em 2001 por meio de uma lei específica. O programa tem como objetivo oferecer financiamento a estudantes que desejam cursar a graduação em instituições privadas de ensino superior participantes do programa, desde que essas instituições tenham recebido avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

Para se candidatar ao programa, é necessário que o estudante tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido uma média igual ou superior a 450 pontos, sem ter zerado a redação. A escala de financiamento varia de acordo com a renda familiar do candidato.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.