MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Pagamento do piso nacional para professores é autorizado pelo governo de SP; saiba mais

O governo de SP autorizou o pagamento do piso nacional para professores; Estado também instituiu o Plano de Carreira que eleva o piso em até 73%; Veja

Jean Albuquerque | [email protected]
Publicado em 05/04/2022, às 17h52

Pagamento do piso nacional para professores é autorizado pelo governo de SP
Pagamento do piso nacional para professores é autorizado pelo governo de SP - Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Mais uma novidade para o funcionalismo público do Estado de São Paulo, o governador de SP, Rodrigo Garcia (PSDB) autorizou o pagamento do piso nacional para professores, nesta terça-feira (5), que foi regulamentado pelo governo federal. Os valores serão creditados em folha suplementar em 14 de abril.

Neste caso, a medida estabelece o valor de R$ 3.845,63 para professores que têm jornada de trabalho semanal de 40 horas. O valor será pago em complemento para os servidores que recebem abaixo do piso. 

Também foi aprovado recentemente o Projeto de Lei Complementar (PLC), que garantiu reajuste de 10% que também será pago no dia 14 de abril. A Nova Carreira Docente, prevê salário inicial de R$ 5 mil, 30% maior que o novo piso nacional.

Plano de Carreiras e Remuneração para o magistério estadual 

Além do piso nacional para professores, o governo de SP também instituiu o Plano de Carreira e Remuneração, que eleva o piso da categoria em até 73%.  De acordo com a Secretaria da Educação, serão beneficiados  240 mil servidores ativos e 190 mil inativos, o investimento é de R$ 3,7 bilhões. 

Com o reajuste dos professores, supervisores e diretores de ensino fundamental e médio da rede estadual de São Paulo, o salário de um docente no topo da carreira pode chegar a R$ 13 mil, na referência mais alta. 

Segundo o Projeto, no início de carreira, os professores irão receber o aumento que eleva o salário inicial para R$ 5 mil em jornada de 40 horas semanais, um valor que é considerado 30% maior do que o piso nacional. 

Salários podem chegar a R$ 13 mil. Saiba mais 

O Plano de Carreira do magistério vem junto das outras sanções referente aos reajustes de 10% dos quadros do Magistério (QM), Apoio Escolar (QAE) e da Secretaria da Educação (QSE), ativos e inativos, que terão pagamento retroativo à data base de 1º de março.

Notícia útil para o seu estado. Você também pode conferir outras notícias de São Paulo/SP aqui.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.