MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Pagamento do Auxílio Brasil será antecipado para 5 grupos nesta semana; Veja quem recebe

O valor mínimo original do Auxílio Brasil é R$ 400,00, mas de agosto até dezembro o Congresso aprovou, de forma emergencial, o pagamento de R$ 600 por mês

Notas de cem, cinquenta e vinte reais espalhadas
Notas de cem, cinquenta e vinte reais espalhadas - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

[email protected]

Publicado em 14/08/2022, às 07h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Amanhã (15), a Caixa Econômica Federal dará início ao pagamento antecipado do Auxílio Brasil de agosto para mais cinco grupos. Na segunda, será a vez de quem tem NIS final 5 (Número de Identificação Social) receber. Na terça, ganham os portadores de NIS terminado em 6 e o repasse seguirá desta forma, com base no número da inscrição, até sexta - quando receberão os beneficiários com NIS final 9.

Criado no final de 2021 em substituição ao Bolsa Família, o Auxílio Brasil visa à assistência financeira de famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica, assim consideradas as que estão na linha da pobreza e da extrema pobreza, com renda familiar per capita mensal entre R$ 105 e R$ 210.

O valor mínimo original do benefício é R$ 400,00, mas de agosto até dezembro a parcela base será de R$ 600 por mês. A nova quantia foi aprovada de forma emergencial pelo Congresso Nacional a partir da PEC dos Benefícios, que também ampliou o valor do Vale Gás e criou o voucher caminhoneiro e o auxílio taxista de R$ 1 mil. 

+Bolsa Permanência vai pagar R$ 400 a mais de 9 mil estudantes; Saiba quem tem direito

Como sacar o benefício social?

O Ministério da Cidadania lançou agora em julho um novo cartão do Auxílio Brasil, uma versão modernizada com chip e função débito, o que facilita a vida do benefíciário. Quem já recebeu o novo cartão do Auxílio Brasil via Correios pode cadastrar a senha nas unidades lotéricas, agências da Caixa e pelo aplicativo Caixa Tem, a partir da opção “Auxílio Brasil” e depois “Criar senha do cartão”.

Feito isso, o cidadão pode usar a função débito para fazer compras sem burocracia em mercados, farmácias, lojas, postos de gasolina e todos os tipos de estabelecimentos que aceitam cartões na função débito. Caso você não tenha sido contemplado nesse primeiro lote de remessa, fique tranquilo.

É possível movimentar os recursos pelas seguintes vias:

  • aplicativo Caixa Tem que dá acesso à conta poupança digital na qual o dinheiro é depositado. Há a opção de pagar contas, fazer transferências, conferir extrato e outros serviços. Vale ressaltar que a quantia fica disponível para saque por até 120 dias;
  • cartão do antigo Bolsa Família;
  • cartão com chip do Auxílio Brasil;
  • cartão sem chip do Auxílio Brasil. Para realizar o saque nos correspondentes CAIXA Aqui e nas unidades Lotéricas, é necessário apresentar um documento de identificação e o cartão do benefício. Também é possíve realizar o saque nos terminais de autoatendimento da CAIXA.

+Tem filho com deficiência? Saiba como obter benefício social de R$ 1.212,00

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil

A possibilidade de ter crédito bancário consignado era restrita a servidores públicos, aposentados e pensionistas do INSS e assalariados do setor privado. Porém, a Lei nº 14.431/2022, sancionada no último dia 4 pelo presidente Bolsonaro, liberou essa modalidade para as famílias que ganham o Auxílio Brasil. Segundo o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, esse tipo de transação deve estar disponível até o início de setembro.

De acordo com as regras aprovadas, o percentual máximo que poderá ser comprometido com as parcelas do empréstimo é de 40% do benefício. Apesar da parcela atual ser de R$ 600,00, o valor extra de R$ 200,00 não será levado em conta. Sendo assim, os 40% serão calculados em cima da parcela original.

Portanto, quem ganha o valor mínimo de R$ 400,00 poderá assumir parcelas mensais de até R$ 160,00. Logo, restariam só R$ 240,00 do benefício para o trabalhador sacar após o banco descontar. Desta forma, quem optar por pegar esse tipo de empréstimo não vai receber o valor integral do Auxílio Brasil, mas sim a quantia que sobrar após o abatimento feito pela instituição financeira.

Por isso, ainda que esse tipo de crédito seja mais vantajoso do que outros disponíveis nos bancos porque libera dinheiro a juros mais baixos, já que o valor da parcela é descontado automaticamente direto do benefício, a escolha deve ser feita com responsabilidade, pois o procedimento vai comprometer o orçamento futuro da família.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Benefícios Sociais no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.