MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Empregos: Brasil contratou mais de 324 mil pessoas com carteira assinada em novembro

A geração de empregos no Brasil em 2021 deve superar a marca de 3 milhões de trabalhadores com carteira assinada

Victor Meira - [email protected]
Publicado em 23/12/2021, às 12h25

Vagas de emprego no Brasil em 2021 atinge a marca de 2,99 milhões
Vagas de emprego no Brasil em 2021 atinge a marca de 2,99 milhões - Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Nesta quinta-feira (23), o Ministério do Trabalho e Previdência divulgou as Estatísticas Mensais do Emprego Formal, o Novo Caged, do mês de novembro. Segundo os dados, o Brasil gerou 324,1 mil novos postos de trabalho com carteira assinada, sendo produto 1,77 milhão de admissões e 1,44 milhão de demissões.  No acumulado de 2021, o saldo positivo é de 2,99 milhões de trabalhadores contratados no mercado formal. 

O estoque de empregos formais no país, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, chegou ao número de 41,5 milhões de pessoas trabalhando em novembro. Este dado representa um aumento de 0,79% em relação ao mês anterior. 

O ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, afirmou que este é o terceiro melhor mês do ano na geração de empregos formais, atrás de fevereiro, que teve 389,6 mil vagas criadas, e agosto, com 375,2 mil novos postos de trabalho.

“Isso é fruto de grande esforço da sociedade e do governo do presidente Jair Bolsonaro, que manteve uma disciplina fiscal importante, que manteve um processo de simplificação, desburocratização, digitalização do governo, revisão de normas regulamentadoras, de simplificação e condensação da legislação trabalhista infralegal. Tudo isso com objeto de simplificar, facilitar e permitir que as empresas brasileiras, os empregadores brasileiros, pudessem a cada dia ter mais tranquilidade para trabalhar e ter a condição de fazer seu negócio prosperar”, afirmou o Lorenzoni na coletiva virtual.

Em relação a geração de empregos, destaque para os estados de São Paulo, com 110 mil oportunidades de trabalho e variação 0,86%; Rio de Janeiro, com 35 mil vagas criadas e variação de 1,10%; e Minas Gerais, com a geração de 24 mil postos e variação de 0,55%.

Em todo o país, o salário médio de admissão em novembro de 2021 foi de R$ 1.778,84. Comparado ao mês anterior, houve redução real de R$ 31,70 no salário médio de admissão, uma variação negativa de 1,75%.

No mês passado, o saldo de empregos foi positivo em quatro dos cinco grupamentos de atividades econômicas: serviços, com a criação de 180,9 mil postos, distribuídos principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas; comércio, saldo positivo de 139,2 mil postos; construção, mais 12 mil postos de trabalho gerados; e indústria geral, que criou 8 mil novos empregos, concentrados na indústria da transformação.

Dentro do setor de serviços, o ministro Onyx também destacou a criação de vagas no grupo alojamento e alimentação, com 36 mil novos postos, o que mostra, segundo ele, a ampliação do turismo interno brasileiro. “É a importância que temos no setor de turismo e serviços para incremento da empregabilidade no Brasil”, disse.

*com informações da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais informações sobre empregos no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.